Curiosidades

Desesperado e com a filha faminta, ele vendia canetas até que um estranho tirou uma foto de sua filha e descobriu isto

Um homem que tinha uma vida razoável no Líbano, decidiu-se mudar-se para Yarmouk devido a guerra em seu país, infelizmente só eram eles dois, ele e sua pequena filha, e logo que chegou no novo lugar onde moraria com a criança como refugiado, ele não tinha mais como sobreviver e decidiu vender canetas na rua.

Em um dia de venda de suas canetas, um homem reparou no pai que carregava uma criança aparentemente fraca de fome em seu colo, o homem era Gissur Simonarson, ele ficou muito comovido com a cena que viu e decidiu tirar uma foto e registrar o momento, logo ele publicou nas redes sociais e a imagem rapidamente ganhou muitas reações comentários.

Comovidas, centenas de pessoas se prontificaram a arrecadar dinheiro para ajudar o homem e sua filha, o intuito era apenas de conseguir um lar e comida, mas, por sorte e muita ajuda de pessoas boas de coração, a arrecadação chegou aos 100 mil dólares, o montante foi entregue em valor total a pequena família composta por pai e filha, mudando radicalmente a vida dos dois.

O homem, retribuindo toda a generosidade que recebeu, teve uma atitude muito bonita e ao adquirir um lar para sua filha, procurou emprego e investiu em um restaurante para empregar outros refugiados, além disso, parte do dinheiro que conseguiu de doação foi parcialmente doado para outros refugiados.

A história é tão linda que até parece não ser real, mas é, e graças a algumas pessoas nós conseguimos ter confiança na humanidade através de situações como estas, e como é fácil perceber que uma atitude boa, só gera outras atitudes boas, felizmente o desfecho desta história é de nos fazer chorar de emoção.

O homem identificado como Abdul disse que todas as pessoas que doaram não apenas ajudaram ele e sua criança, mas vários outros refugiados da Síria que ele conseguiu ajudar com o trabalho que vem desenvolvendo.