Uma planta para purificar e limpar a pele, útil para tratar problemas como: dermatite, prurigo, eczema, psoríase. Também é útil para eliminar ácido úrico, cálculos renais. Saiba Mais!

Útil contra condições de pele como eczema e psoríase, e ajuda a tratar reumatismo, osteoartrite e gota.

Um arbusto da família Liliaceae, cresce espontaneamente nas madeiras mais quentes da Europa. Nativo de florestas tropicais e regiões temperadas da Ásia e Austrália. Usamos a raiz que colhemos todo o ano. A salsebela tem diaforética (que causa transpiração) e virtudes depurativas, porque contém muitos ingredientes ativos, como óleos essenciais, resinas e outros. Ele é usado para purificar sangue, tratar a gripe, reumatismo, artrite e eczema.

Importada do Novo Mundo na Espanha em 1563, a salsaparrilha deveria curar a sífilis. Mas não demorou em deixá-lo. No México, foi usado para tratar várias condições de pele. Foi usado contra psoríase e lepra. Sua raiz também foi usada na fabricação de uma bebida, cerveja de raiz ou cerveja de raiz.

A salsaparrila é recomendada para:

– Distúrbios da pele (dermatite, prurigo, eczema, psoríase)
– Constipação, colopatia crónica.
– Excesso de uréia, cálculos renais.
– Dyspesia.

benefícios:

A salsaparrilha tem uma ação antiinflamatória e de purificação. É particularmente usado contra condições de pele como eczema e psoríase, e ajuda a tratar reumatismo, osteoartrite e gota.

– Contém 1 a 3% de saponinas esteroidais, como a sarsapogenina, que poderia ter uma ação sobre certos hormônios do corpo. Produz um efeito tônico, promovendo a produção de hormônios sexuais em seres humanos e causando aumento da massa muscular.
– Em muitos países, a salsaparrilha é considerada afrodisíaca (especialmente na China, Índia, México e Argentina). Ela iria curar a impotência. Nas mulheres, estimula a produção de progesterona e trata a síndrome pré-menstrual, bem como distúrbios da menopausa, como astenia e depressão.
– Também contém fitosteróis, como o beta-sitosterol, cerca de 50% de amido, resina, ácido sarsápico e sais minerais. Tudo isso provavelmente contribui para os muitos efeitos terapêuticos desta planta, dentre os quais estudos também demonstraram um efeito anti-inflamatório e uma ação protetora do fígado.

Na medicina herbal encontramos Salsaparrilha em muitos produtos, em combinação com outras plantas.

Como Preparar o chá

O chá é feito com a raiz, que é rica em testosterona, potássio e flavonas, atuando no metabolismo do corpo humano. Seu consumo é comum na forma de chá ou por meio das cápsulas feitas com o pó da raiz.

Para preparar o chá, use a proporção de duas colheres de sopa de raiz triturada para cada litro de água. Coloque a água em um recipiente, e leve ao fogo. Adicione a salsaparrilha e, ao alcançar fervura, aguarde mais dez minutos. Desligue o fogo e então deixe descansar por cerca de dez minutos. Após esse período, coe e tome. A dose indicada é de duas ou três xícaras ao dia.

toxicidade

Recomenda-se que não exceda as doses prescritas, uma vez que a salsaparrilha pode causar problemas de náuseas ou fígado quando tomadas em doses elevadas.

dosagem

Na forma de tingir, é possível tomar 3 ml 3 vezes ao dia, em geral, a salsaparrilha é tomada em associação com outras plantas.

Leia Também:

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Os comentários estão fechados.